contato

Atendimento: 11 2337-2825
Whatsapp: 11 9 4995.4066

Criolipólise

Criolipólise
Criolipólise

A Criolipólise combate a gordura localizada através de seu congelamento.

1. Colocamos o aparelho na superfície da pele.

2. As células de gordura congelam devido às temperaturas negativas.

3. Os adipócitos são destruídos, pois quando entram em contato com a baixa temperatura são congelados , cristalizados.

4. O corpo entende que as células de gordura (adipócitos) não fazem mais parte do organismo pois, quando congeladas mudam de cor e tamanho.

5. O sistema imunológico (macrófagos) absorvem as células naturalmente.

6. Ocorre a perda significativa da gordura localizada!

A eliminação das estruturas dos adipócitos, que são destruídas com a baixa temperatura, é feita pelo sistema imune, fazendo com que a gordura no interior das células seja conduzida ao fígado pelo sistema linfático para sua metabolização. Esse procedimento não causa sobrecarga no fígado, pois o sistema linfático leva apenas uma pequena quantidade diária de gordura para ser metabolizada.

Como funciona a CRIOLIPÓLISE?

A Criolipólise é feita com um aparelho específico cujo aplicador acopla-se perfeitamente às diferentes áreas do corpo.

Pré-tratamento

Antes de acoplar, aplica-se uma manta com glicerina, essencial para que não ocorram as queimaduras na pele devido às baixas temperaturas. Esta manta não pode ser reaproveitada.

Tratamento

A ponteira tem um vácuo muito intenso, que promove a sucção da pele e da porção de gordura localizada. Ao mesmo tempo, o resfriamento intenso e controlado da gordura destrói os adipócitos. O resfriamento controlado age danificando seletivamente as células adiposas, que são mais sensíveis ao frio, sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas próximas. O que acontece a partir daí é a morte da célula de gordura.

O Pós-tratamento

Após o procedimento, a pele fica avermelhada, mas a vermelhidão dura apenas algumas horas. A gordura que foi congelada é eliminada pelo corpo naturalmente e os resultados podem ser vistos entre 20 dias há 3 meses após a sessão.

É importante que o paciente use uma cinta elástica na região por 30 dias, pois isso irá auxiliar no processo de metabolização da gordura, aumentará a circulação linfática auxiliando na drenagem da região. Aconselhamos também a prática de atividade física e dieta para o sucesso do tratamento e também que se faça drenagem linfática ou outro tratamento sugerido pela fisioterapeuta na avaliação.

Criolipólise